A | A | A

A ministra de pesca e assuntos costeiros da Noruega visita Brasil

Foto: A ministra de Pesca e Assuntos Costeiros, Lisbeth Berg-Hansen, visitou o tradicional Mercado Municipal em São Paulo, onde diariamente vendem grandes quantidades de bacalhau. Bacalhau norueguês exibido orgulhosamente.Foto: A ministra de Pesca e Assuntos Costeiros, Lisbeth Berg-Hansen, visitou o tradicional Mercado Municipal em São Paulo, onde diariamente vendem grandes quantidades de bacalhau. Bacalhau norueguês exibido orgulhosamente.

Última actualização: 12.12.2012 //

A ministra de pesca e assuntos costeiros, Lisbeth Berg-Hansen, visitou São Paulo e Brasília entre os dias 21 e 22 de novembro último. Em São Paulo, ela participou de um seminário sobre frutos do mar sustentáveis na Noruega, e visitou o Mercado Municipal.
Em Brasília, ela teve conversações políticas com o ministro brasileiro da pesca e aquicultura, Marcelo Crivella.

“A pesca e a aquicultura são indústrias importantes em ambos os países, e a reunião com Crivella tratou principalmente sobre a forma de se dar continuidade ao bom relacionamento já existente”, diz Lisbeth Berg-Hansen.

O Brasil tem um enorme potencial para melhorar a sua produção aquícola, tanto na Amazônia como em outras partes do país.

“Algumas das experiências e know-how adquiridos com a evolução da indústria pesqueira na Noruega podem contribuir para o desenvolvimento da indústria brasileira”, acrescenta.

A aquicultura sustentável pode ser uma importante alternativa à criação de gado, e pode contribuir para a redução do desmatamento na Amazônia.

“O governo norueguês tem sua própria estratégia para a relação bilateral com o Brasil, e a cooperação no setor de pesca e aquicultura é uma prioridade. A cooperação neste setor tem resultado em vários projetos concretos e a parceria na pesquisa é uma área que queremos fortalecer. A meta do governo norueguês é projetar o país como líder mundial na produção de frutos do mar. Empresas norueguesas e a indústria norueguesa de aquicultura têm soluções tecnológicas e conhecimento que os torna líderes mundiais em sua área. Estas empresas têm boas oportunidades no mercado brasileiro”.

A ministra de Pesca e Assuntos Costeiros, Lisbeth Berg-Hansen, encontrou com o ministro de pesca e aquicultura do Brasil, Marcelo Crivella.

Foto: Halvard Wensel, ministério de Pescas e Assuntos Costeiros


Bookmark and Share