A | A | A
Luciano Coutinho, Presidente do BNDES, e Aud Marit Wiig, Embaixadora da Noruega, assinando o contrato de extensão  da cooperação Noruega – Brasil referente ao Fundo Amazônia.
Luciano Coutinho, Presidente do BNDES, e Aud Marit Wiig, Embaixadora da Noruega, assinando o contrato de extensão da cooperação Noruega – Brasil referente ao Fundo Amazônia.

Fundo Amazônia: A cooperação entre Noruega e Brasil prorrogada até o fim de 2020

Última actualização: 07.10.2013 //

Foi assinado recentemente um novo e estendido contrato entre Noruega e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O contrato, assinado na sede do BNDES no Rio de Janeiro pela Embaixadora Aud Marit Wiig e o Presidente do BNDES Luciano Coutinho, estende o período de cooperação do Fundo Amazônia de 2015 a 2020, atualizando o conteúdo e estabelecendo as bases para a transferência dos recursos já alocados pela Noruega para a conta do BNDES.

Com base neste novo contrato, a Noruega transferiu no final de setembro quase 2,8 bilhões de coroas norueguesas (aproximadamente R$ 1 bilhão) para o Fundo Amazônia, que é administrado pelo BNDES. Os recursos transferidos estavam até agora depositados numa conta de debêntures na Noruega, destinado ao Fundo. O apoio da Noruega baseia-se nos bons resultados obtidos pelo Brasil no combate contra o desmatamento no período de 2009 a 2011.

Os recursos são utilizados pelo Fundo Amazônia para apoiar projetos que impedem, monitoram e combatem o desmatamento e promovem a conservação e o uso sustentável da floresta Amazônica. Os projetos que já recebem apoio do Fundo têm uma ampla variedade e abrange apoio ao planejamento de uso da terra a nível municipal e estadual, métodos agrícolas sustentáveis e mais eficientes, melhor proteção contra incêndio, reflorestamento e apoio à iniciativas sustentáveis em comunidades indígenas e comunidades locais.

 


Bookmark and Share