A | A | A

Ministra da Cultura visita projeto social

A ministra da Cultura da Noruega, Linda Cathrine Hofstad Helleland, visita o projeto social norueguês «Karanba» em São Gonçalo, Rio de Janeiro.

A véspera da abertura oficial dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro foi muito bem aproveitada pela Ministra da Cultura da Noruega, Linda Cathrine Hofstad Helleland. 

No dia 4 de agosto, a Ministra visitou o campo e a sede do projeto social «Karanba» em Vista Alegre, São Gonçalo.

O projeto, fundado em 2006, é um iniciativa do jogador norueguês aposentado Tommy Nilsen. Quando foi forçado a largar a carreira, ele resolveu aproveitar a indenização para ajudar crianças carentes nos subúrbios do Rio. Começou na Zona Sul, mas, desde 2011, a base da ONG fica em Vista Alegre.

 

 

«Foi um encontro muito inspirador. Estou impressionada com as crianças e com as atividades oferecidas pela ONG, que dá a crianças carentes uma oportunidade, uma base para seguir em frente e melhorar seu próprio futuro», disse a Ministra.

 

Ela almoçou com as crianças e aprovou o churrasco brasileiro com direito a carne, linguiça, arroz, molho de campanha e farofa.

 

Neste ano, a ONG faz 10 anos. Tommy deu à ONG o nome Karanba, uma versão norueguesa da palavra «caramba», porque a palavra, segundo ele, explica exatamente o que sentiu quando viu as diferenças sociais e econômicas no Brasil pela primeira vez e entendeu como as mesmas tiram de muitas crianças carentes oportunidades de subir na vida.

 

«Futebol sempre foi importante para mim, mas, aqui no Karanba, o ser humano é mais importante que o jogador, e nós queremos mudar as vidas dessas crianças» disse Tommy.

 

A inclusão de meninas no esporte é uma prioridade para a Ministra. Oferecer as mesmas atividades para meninos e para meninas é a regra no Karanba. A filosofia é usar uma combinação entre futebol, ensino e disciplina, a fim de realizar sonhos e de transformar vidas. Atualmente, a ONG tem aproximadamente 1.000 crianças matriculadas e 20 funcionários, entre eles treinadores, um assistente social, um psicólogo e professores que dão aula de inglês e reforço escolar. O projeto Cinderella foi criado para incentivar a participação de meninas.

 

Durante a visita, a Ministra conheceu várias meninas, ouviu as historias delas e participou de um jogo improvisado com elas. Linda Cathrine Hofstad Helleland foi presenteada com uma chuteira, mas de um pé só, como se fosse a sapatilha da Cinderella, para assegurar que ela volte, segundo Tommy Nilsen.

 

 

«O Karanba é um projeto que mostra muito bem como é possível incluir as meninas. Elas me parecem muito satisfeitas com as atividades aqui, e é muito bom ver como elas estão prosperando», disse.

 

«Temos muito orgulho das nossas meninas», afirmou Tommy Nilsen.

 

A ministra da Cultura e as meninas de Karanba

 


Bookmark and Share